sexta-feira, setembro 04, 2009

É lá que os sonhos se realizam

Desde criança que eu tenho dois sonhos recorrentes.

Em um deles, eu caminhava por arbustos pequenos e aparados, dispostos como labirintos e adornando fontes de águas azuladas que jorravam sob o sol. E eu sentia paz, muita paz.

Logo que mudamos para Toronto, há dois anos, em nosso primeiro passeio ao parque em frente a nossa casa, me deparei com a paisagem aí da foto.

Inacreditável. Tudo absolutamente igual e a sensação de paz que me envolveu foi exatamente como a que eu sentia nos sonhos. Só que muito melhor pois é absolutamente real.

Como é possível um sonho de criança repetido tantas vezes ao longo da vida tomar forma, eu não sei. Mas é pra lá que eu vou quando preciso me encontrar. O que me faz acreditar que o nosso poder de realização é muito maior do que sonha nossa vã filosofia. Mesmo quando a gente nem se concentra no processo.

Sonhe. De olhos abertos ou fechados. Acredite. Em algum lugar, os sonhos se realizam.