sábado, maio 15, 2010

(Não) atire a primeira pedra

Tem gente que não perdoa. Crítica, intolerante, exigente e implicante, está sempre pronta para atirar uma pedra na atitude alheia. Só vê defeitos, faz comentários maldosos e acha que está sempre certa. A língua é afiada e só enxerga o negativo.

O que poucas pessoas desconfiam é que uma personalidade assim, na verdade, pode estar escondendo um sentimento grande de inferioridade e que diminuir o outro o tempo todo é uma maneira de fazê-la sentir-se melhor.

O floral Beech (foto), de Bach, pode curar esta alma vulnerável e insegura mostrando que há mais beleza e bondade no mundo do que sonha a vã filosofia desta pessoa.

A essência trabalha a tolerância, a aceitação das diferenças, diminuindo as atitudes críticas e julgadoras que deixam o ser humano sempre em estado de alerta em relação aos outros.

Nas crianças, pode se manifestar na intolerância com os amiguinhos, em geral, acreditando que sua maneira de brincar é a única maneira certa. Trazem sempre queixas da escola apontando supostas atitudes erradas dos colegas.

Não dá para esperar perfeição dos outros e nem de si mesmo. Ver o lado bom das pessoas e das situações deixa a vida mais leve. Não esteja sempre pronto para atirar a primeira pedra. O olhar compassivo sobre os outros mostra ao nosso próprio coração que o amor é uma fonte inesgotável e que o gesto inclusivo é muito mais compensador do que aquele que fere e separa.

Para ler mais sobre a tolerância consigo mesmo, conheça os florais:

Pine _ para quem se culpa por tudo

Rock Water _ para quem busca a perfeição exigindo muito de si mesmo