terça-feira, junho 22, 2010

Gente ferida fere outras pessoas com muita facilidade

"Gente ferida fere outras pessoas com muita facilidade"
John Maxwell

Morando numa cidade cheia de imigrantes como Toronto, é mais do que comum você passar por situações inusitadas decorrentes da diferença de cultura entre os países. Não exatamente porque alguém seja mais ou menos educado do que o outro mas porque valores que são caros a você podem não ter nenhum significado para o outro. É o mundo amplo, geral, irrestrito e bem na esquina da sua casa.

No domingo à noite, mandei um mail gentil e caloroso convidando o filho de uma amiga para se juntar ao grupo de meninos que iria ontem à piscina depois da escola. Gosto de agregar e os meninos, de brincarem juntos. Encontrei com ela no dia seguinte e ela foi bem direta: não tenho tempo de responder mails assim, é impossível para mim planejar na véspera o que me filho vai fazer no dia seguinte (??!!), posso estar sendo rude mas é assim que eu sou.

Sorri de volta e disse que, por mim, tudo bem. Cada um é cada um. E também sorri por dentro lembrando do quanto os oito meninos se divertiram à beça na piscina. Brasil, Rússia, Sérvia, Croácia de mãos dadas dando pulo-bomba na água. Lindo de se ver!

Por isto este texto que recebi há pouco é a lição que chega a mim através do universo, depois de eu ter ido dormir ontem indagando por uma resposta de como não me deixar abalar por este tipo de situação. Afinal, cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é.


As pessoas com as quais você tem grande dificuldade de lidar são também aquelas que podem ser os seus mais valiosos mestres.

Isso porque os problemas que você tem com elas não são necessariamente em função da maneira como essas pessoas são ou agem, mas sim, da
maneira que você reage a elas.

Aprenda a lidar com pessoas difíceis e você irá aprender
valiosas lições a respeito de si mesmo. Aprenda a se relacionar positivamente com pessoas difíceis e você irá desenvolver habilidades que podem muito lhe ajudar em muitas outras situações desafiadoras.

As pessoas são aquilo que são. Desista de tentar mudá-las, julgá-las ou condená-las e olhe pelo valor que elas podem oferecer. Algumas vezes esse valor é algo que está profundamente oculto e quando você o encontra você acaba descobrindo um tesouro preciosismo; algo que pouquíssimas pessoas investem um bom tempo em descobrir.

As pessoas com as quais você interage são
espelhos que ajudam a ver algumas coisas dentro de você. Com algumas pessoas, esse espelho pode ser difícil de olhar, porém, quando você tem a coragem de faze-lo, as recompensas podem ser maravilhosas.

John Maxwel