quarta-feira, setembro 18, 2013

O cúmulo da delicadeza

Em tempos de redes sociais dominando as relações humanas, em que parabéns e pêsames são dados na mesma proporção através de posts e mensagens, preciso dividir o cúmulo da delicadeza que recebi hoje. 

Tudo bem que eu cultivo minhas amizades e queridos da maneira mais próxima possível para quem mora em outro país. E também não sou daquelas que se importa em conquistar 10.567 amizades que qualquer um hoje é capaz de construir em Facebooks e Instagrams da vida. Muito menos mostro meus passos e acontecimentos do dia-a-dia exaustiva e superficialmente por aí.

Mas o que dizer de uma amiga que mesmo com o filho passando por uma cirurgia de coração no início do mês, ainda é capaz de arranjar um tempo para me enviar cartão e presente de aniversário adiantados do Canadá? É o cúmulo da delicadeza, não? 

Este é o tipo de amizade que tive a chance e a benção de construir nos últimos anos. Gente de verdade que, de fato, faz parte da minha vida. 

Uma pausa pra reflexão.