domingo, outubro 06, 2013

Rescue Remedy para animais

Quando nosso segundo Boston Terrier, Hey Jude, chegou em casa, minha maior preocupação foi lhe dar um floral que facilitasse sua adaptação na nova casa. Graças ao Walnut (leia aqui) ele num instante fez daqui seu 'home sweet home'.

Mas aí que veio o segundo capítulo da sua chegada: o ciúmes de Sgt. Pepper, nosso primeiro cão e xodó da casa.

Sgt.Pepper passou a me ignorar. Bastava eu chegar perto que imediatamente ele se levantava e ia para bem longe. Mas não sem antes me lançar um olhar comprido de cortar o coração. Ficou arredio e também não queria dividir nada. Nem os brinquedos, a comida e muito menos nosso afeto.

Decidi, então, comprar pela primeira vez o Rescue Remedy Pet ao invés de administrar essências individuais. A diferença deste para o Rescue que todos conhecem é que este não tem álcool na composição e, sim, glicerina.

Fato é que em dois dias Sgt.Pepper mudou. Voltou a querer ficar comigo e passou a dividir tudo com Hey Jude na mais santa paz.

Basta contar que na quinta-feira passada o miudinho vomitou duas vezes e ficou 'de cama' por algumas horas. Sgt. Pepper não só desenterrou seu osso preferido no jardim e carinhosamente colocou perto do rosto de Hey Jude,  como um agrado, como passou o tempo todo ao lado dele o protegendo e empurrando o cobertozinho de modo a aquecer o filhotinho. Fofo demais!