quarta-feira, novembro 13, 2013

Amor. Sempre amor.



'Word Rock' deixada pela
memória do meu irmão Otávio, no Brasil
Durante o mês de novembro, o Word Rocks (projeto que meu filho desenvolve há dois anos. Leia mais aqui), foi convidado por uma ONG australiana, Sands Queensland,  a participar do Month of Kindness (Mês da Bondade).  A organização dá suporte a pais que perderam seus filhos e nossa parte é espalhar 'word rocks', com palavras escolhidas pelos pais, para honrar a memória destas crianças que foram embora tão precocemente.

Hoje saí para andar de bicicleta e levei algumas destas pedras comigo. A cada lugar bonito e ensolarado que encontrava, eu deixava uma. Quando coloquei a última, voltei para minha bicicleta e logo nas primeiras pedaladas ergui meu olhar para o céu, que hoje está, como diria Caetano Veloso, de um azul celeste celestial.
'Word Rock' deixada para honrar
a lembrança de cinco irmãs no
Alabama, Estados Unidos.

E fiquei tentando imaginar em que parte daquela imensidão estariam todos aqueles bebês e crianças que deixaram seus pais de coração quebrado ao vê-los partir.

Diante disto, só mesmo uma coisa faz tudo valer a pena: o amor. 

'Word Rock' deixada pelo
bebê Jack, na Austrália.
Por isto, amemos. Sempre. Com profundidade. Com palavras e gestos. Afagos. Amemos incondicionalmente. E que possamos estender este amor a todos e a tudo.

Minhas dica de floral para hoje é:

Holly (Bach) - para quando você se sentir desligado do amor e perceber crescer em você sentimentos como inveja, ciúmes, raiva. Esta essência nutre o coração e traz a percepção de que o amor é universal e infinito. Só aumenta. Nos proporciona a capacidade de expandir este amor aos outros.

Só o amor constrói. 

Word Rocks no Instagram: word_rocks