quinta-feira, fevereiro 27, 2014

Viver o presente é tudo de bom

Eu vinha andando distraída. A cabeça tão a mil que simplesmente não focava em nada. Vivia nas nuvens, criando diálogos mentais, pensando e repensando em coisas do passado. Ia assistir um filme e, quando me dava conta, o pensamento já estava vagando em outro lugar. Começava milhões de coisas ao mesmo tempo e não necessariamente dava cabo de todas. E a sensação é horrível pois parece tudo meio difuso e eu seguindo ali, meio apática.

Muitas vezes, cabeça nas nuvens, mal escutava o que os outros estavam a me dizer. Apenas respondia com um hum, hum totalmente automático, sempre perdida nos meus compromissos no mundo da lua.

Resolvi mais uma vez experimentar o Madia (foto), um floral californiano que uso muito em crianças com problema de concentração na escola.

Com poucas doses, finquei os pés no chão. Sempre fico impressionada com a força desta florzinha amarela. Meu pensamento ficou preciso e o foco disciplinado. Minha energia que andava dispersa está agora direcionada de maneira muito clara e, o que é melhor, PRODUTIVA!


Viver o momento presente é uma dádiva e o Madia está me proporcionando isso desde ontem, depois destes dias tão dispersos. Hoje fiz uma coisa de cada vez, consciente e motivada. Sorvendo cada experiência do dia deliciosa e calmamente.